Blog

Síndrome dos Ovários Policísticos

A Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP), é um distúrbio endócrino-metabólico e está intimamente relacionada com a Resistência Insulina e Obesidade. Ainda não tem uma causa bem definida, mas acredita-se estar envolvida com combinações de fatores ambientais, genéticos e disfunção hormonal.

Até 10% das mulheres em idade reprodutiva, podem ser acometidas pela SOP. E é considerada a causa mais frequente de INFERTILIDADE em mulheres com anovulação crônica.

O que talvez você ainda não saiba sobre SOP:
1. Não tem cura
2. Não é uma doença dos ovários
3. Anticoncepcional não trata SOP
4. Aumenta a chance de desenvolver Diabetes
5. Relacionada a doenças psiquiátricas (ansiedade, depressão)

Como fazer o diagnóstico? Deve preencher 2 de 3 critérios:

° Irregularidade Menstrual
° Sinais Clínicos ou Laboratoriais de hiperandrogenismo (acne, excesso de pelos, queda de cabelo)
° Critério ao ultrassom (ovários aumentados e/ou presença de cistos)

Quais são os 4 fenótipos de SOP?
A: oligo-anovulação + hiperandrogenismo clínico/laboratorial + ovários policísticos;
B: oligo-anovulação + hiperandrogenismo clínico/laboratorial;
C: hiperandrogenismo clínico/laboratorial + ovários policísticos;
D: oligo-anovulação + ovários policísticos

O tratamento deve ser abordado de forma integral, envolvendo uma rotina saudável com atividade física regular e boa alimentação.
A associação de algumas medicações ao tratamento também pode ser necessária, em casos que já exista a resistência à insulina, desejo de engravidar, obesidade entre outros.

Pacientes portadoras de SOP devem sempre manter o acompanhamento médico, devido maiores riscos de desenvolver doenças metabólicas como diabetes, hipertensão arterial e até doenças cardiovasculares. 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Abrir chat
Precisa de ajuda?
Drª Isadora Dias
Olá, podemos te ajudar?